Art Fértil | WhatsApp
Art Fértil
Varicocele: sintomas – conheça mais sobre a doença

Varicocele: sintomas – conheça mais sobre a doença

// Por Dra. Altina Castelo Branco

A infertilidade masculina está relacionada com a queda na qualidade ou na produção dos espermatozoides. Diversas doenças e condições estão relacionadas a ela, como a varicocele. Esta é caracterizada por varizes nas veias espermáticas, causando dores, atrofia testicular e, até mesmo, infertilidade.

Neste artigo, o foco será nos principais sintomas da doença. Mas antes, precisamos entender o que é varicocele.

Continue lendo e confira!

O que é varicocele?

A varicocele é uma doença conhecida por um problema na dilatação das veias (varizes) do cordão espermático. Ela pode atingir os homens durante a adolescência ou a vida adulta. Portanto, podemos dizer que a varicocele se assemelha ao efeito das varizes nas pernas, mas nos testículos.

O testículo esquerdo é o mais atingido, devido à anatomia do sistema reprodutor. Porém, a varicocele pode surgir em qualquer um dos testículos ou nos dois.

Quais são os sintomas da varicocele?

A varicocele causa diversos sintomas que, em muitos casos, afetam a qualidade de vida do homem. A intensidade dos sintomas varia de acordo com o grau da doença, sendo dividida em uma escala de I (mais leve) a III (mais grave).

Identificar a doença precocemente é a melhor forma de evitar que ela evolua e cause complicações graves, como a infertilidade. Por isso, conhecer mais sobre a varicocele é muito importante. Ao perceber algum dos sintomas listados abaixo, o homem deve procurar um urologista. No entanto, a varicocele também pode ser assintomática, principalmente nos casos leves.

blank

Entre os principais sintomas da varicocele, temos:

Com o avanço da doença, a intensidade dos sintomas também aumenta, comprometendo a qualidade de vida do paciente. Atividades comuns, como ficar em pé por muito tempo ou praticar exercícios que provoquem pequenos traumas nos testículos, como o ciclismo, podem ser fator de risco.

A infertilidade é uma das consequências mais graves da varicocele, pois ela altera a produção e a qualidade dos espermatozoides. Os testículos precisam estar em uma temperatura mais baixa do que o resto do corpo para que a produção dos gametas aconteça corretamente.

Para isso, as bolsas testiculares possuem um mecanismo para se afastar ou se aproximar do corpo para manter a temperatura ideal. Uma das consequências da varicocele é o aumento da temperatura da região testicular. Com isso, a produção dos espermatozoides é afetada.

O aumento da dilatação das veias espermáticas também pode provocar atrofiamento e desequilíbrio na produção de testosterona. E ainda, o problema de circulação sanguínea aumenta o acúmulo de substâncias nocivas na região, causando danos no tecido testicular. Todos esses fatores contribuem para a infertilidade masculina.

Como é feito o diagnóstico e o tratamento para a varicocele?

Os casos assintomáticos da varicocele, geralmente, são identificados durante uma investigação de infertilidade devido a uma dificuldade para o casal engravidar ou durante um exame de rotina.

O diagnóstico é feito por um exame físico realizado durante a consulta médica. O profissional visualiza e palpa a região testicular para avaliar a presença das veias dilatadas. Durante o exame, o paciente realiza a manobra de Valsalva, em que ele prende a respiração e faz pressão para a saída do ar.

Além do exame físico, o médico também pode solicitar exames complementares para confirmar o diagnóstico. Os principais são: o ultrassom com doppler e o espermograma. Este último é utilizado para avaliar a fertilidade, pois analisa a qualidade e a quantidade de gametas.

A varicocele é reversível, ou seja, o tratamento pode restaurar a fertilidade masculina na maioria dos casos. O tratamento cirúrgico é indicado para casos graves, principalmente, quando a fertilidade masculina é afetada. A técnica mais utilizada é a microcirurgia por abordagem subinguinal.

Qual é a relação entre a varicocele e a reprodução assistida?

A correção da varicocele pode reestabelecer a fertilidade. No entanto, há casos em que os parâmetros seminais do homem não são restaurados. Nesses casos, é recomendado que o casal procure uma técnica de reprodução assistida.

A opção mais recomendada para fatores graves de infertilidade masculina é a fertilização in vitro (FIV). Ela se diferencia das demais técnicas de reprodução assistida por ser a única em que a fecundação ocorre em laboratório. Os gametas do casal são coletados e fecundados fora do corpo da mulher com o auxílio da técnica ICSI.

Após alguns dias de cultivo embrionário, os embriões de maior qualidade são transferidos para o útero da paciente. A FIV é a técnica mais moderna e de maior taxa de sucesso, por isso, é recomendada para a maioria dos casos de infertilidade.

A varicocele é a causa tratável mais comum de infertilidade masculina. Ela atinge homens de qualquer idade, sendo caracterizada pela dilatação anormal das veias que envolvem os testículos. Quando não é assintomática, ela pode causar os seguintes sintomas: dores intensas, inchaço, atrofia testicular e infertilidade.

Para os casos graves, o tratamento cirúrgico é recomendado. Geralmente, o casal consegue engravidar naturalmente após a correção da varicocele. Caso contrário, a FIV é a alternativa com maior taxa de sucesso para o casal ter filhos, mas em casos que a alteração do sêmen é menor pode também conseguir engravidar com a técnica da inseminação intrauterina.

Assim como os homens, as mulheres também podem ser inférteis. Toque aqui e conheça os diversos fatores que podem provocar a infertilidade feminina!

Compartilhar: Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

blank blank