Art Fértil | WhatsApp
Art Fértil
Uretrite: sintomas

Uretrite: sintomas

// Por Dra. Altina Castelo Branco

Existem diversas doenças que podem causar infertilidade tanto em homens como em mulheres, mesmo não atingindo inicialmente qualquer estrutura exclusiva do aparelho reprodutivo – como a uretrite.

A uretrite é a inflamação da uretra e, na grande maioria dos casos, tem também um componente infeccioso, causado por bactérias e vírus. A uretrite deriva principalmente de doenças como a clamídia e a gonorreia, além de outras DSTs (doenças sexualmente transmissíveis) virais.

Traumatismos internos, como resultado de intervenções cirúrgicas, e o contato com substâncias químicas agressivas, como os espermicidas, também podem levar à uretrite.

A uretrite pode afetar homens e mulheres e quando não tratada rapidamente e de maneira correta, pode se espalhar para outras estruturas do organismo, causando problemas mais sérios e graves, que incluem a infertilidade.

Nos homens, a uretrite infecciosa pode chegar aos testículos e desencadear quadros de epididimite e orquite. Quando isso acontece o homem pode desenvolver quadros variados de azoospermia, que configura infertilidade masculina.

Já nas mulheres, a uretrite pode levar a diversas outras doenças – quando não tratada – como, cistite, endometrite, infecção pélvica, entre outras. Assim como acontece com os homens, essas consequências também podem levar à infertilidade feminina.

Mulheres grávidas que apresentam sintomas de uretrite devem buscar com urgência o atendimento médico, pois dependendo das causas da uretrite, há risco de prejuízo para o bebê e para a gravidez como um todo.

Neste texto trazemos mais detalhes sobre os sintomas que a uretrite costuma apresentar, quando se manifestam, e quais os riscos da doença, principalmente se o diagnóstico e tratamento são feitos de forma tardia.

Boa leitura!

Uretra: conheça melhor essa estrutura

A uretra é uma estrutura em forma de tubo, existente no organismo do homem e da mulher.

Esta estrutura se inicia na ligação com a bexiga, se alongando até a saída do organismo, que se dá na região genital. No homem, a uretra termina e abre-se para fora na parte superior da glande peniana, enquanto na mulher o final da uretra é o orifício uretral, localizado na vulva.

Uma curiosidade sobre a uretra é que na mulher, ela é muito mais curta, tendo apenas 4cm de comprimento. Já no homem chega a ter cerca de 20 cm de comprimento.

Qual a função da uretra no homem e na mulher?

A principal função da uretra é servir de passagem para a eliminação da urina do organismo. Isso é valido tanto para homens como para mulheres.

No corpo masculino, no entanto, a uretra é compartilhada também com o aparelho reprodutivo, já que os ductos deferentes, que conduzem o sêmen, desembocam nesta estrutura.

O que é uretrite?

Inicialmente a uretrite é diagnosticada quando a uretra se mostra inflamada – a inflamação, no entanto, pode ter diversas origens e, por isso, consequências igualmente diferentes.

Como acontece em qualquer forma de inflamação, esse processo é disparado por lesões teciduais que provocam uma resposta de combate aos agentes agressores, por parte do sistema imunológico.

Entre os principais eventos desencadeados pela inflamação, destacam-se o aumento na vascularização e temperatura locais, bem como da permeabilidade dos vasos sanguíneos que cercam a região afetada, provocando edemas e compressões.

No caso da uretrite, esse processo inflamatório é desencadeado principalmente pela ação de microrganismos sexualmente transmissíveis e danos mecânicos, como pancadas e cirurgias.

A uretrite infecciosa apresenta, além dos eventos imunológicos da inflamação, também a ação agressiva dos microrganismos envolvidos na infecção, provocando sintomas específicos.

Quais os sintomas da uretrite?

A uretrite é uma doença simples, no entanto quanto mais demorado se faz o diagnóstico e o tratamento – especialmente nos casos de uretrite infecciosa –, maior é a chance de que a doença se espalhe para outras regiões do corpo, acarretando danos mais graves.

Todos os sintomas da uretrite são decorrentes das respostas imunológicas de combate aos agentes microbianos que causaram a infecção inicial.

Por isso, a uretrite apresenta conjuntos de sintomas comuns para homens e mulheres, que basicamente costumam ser:

Além destes sintomas, que são comuns a ambos os sexos, a uretrite pode apresentar alguns sinais específicos para cada gênero.

Nos homens, a presença de sangue na urina e misturado ao sêmen, febre – que no homem, diferentemente da mulher, costuma ser mais rara –, coceira e ardência na região da glande peniana. Nos casos mais graves, é possível constatar também o inchaço do pênis e ínguas na região da virilha, além de dor durante a relação sexual e a ejaculação.

Já outros sintomas da uretrite se manifestam exclusivamente nas mulheres, como dores abdominais e na região pélvica, aumento das cólicas menstruais e febre acompanhada de calafrios.

Uretrite e infertilidade

blank

A infertilidade como consequência da uretrite é relevantemente mais comum nos homens, se comparada a incidência dessa combinação nas mulheres, precisamente porque a conexão entre a uretra e o aparelho reprodutivo masculino é direta.

Homens com uretrite infecciosa ativa apresentam alterações no ambiente da uretra que podem danificar e matar os espermatozoides, durante a ejaculação, criando um quadro de infertilidade temporária.

Se há demora em realizar o tratamento, a uretrite pode se espalhar para estruturas reprodutivas masculinas e deixar cicatrizes nas regiões afetadas, mesmo após o tratamento – favorecendo obstruções, que também geram um quadro de azoospermia.

Nas mulheres a chance de infertilidade por uretrite é menor, mas pode ocorrer pelos mesmos mecanismos observados nos homens.

O avanço da doença para outras estruturas como endométrio e tubas, aumentando a chance de obstrução tubária – que impede a fecundação – e danos teciduais ao endométrio – que prejudicam a nidação.

Mulheres que apresentam uretrite durante a gravidez também correm riscos especiais, já que a doença também pode atingir o útero e favorecer o abortamento espontâneo.

Como é realizado o diagnóstico e o tratamento da uretrite?

A investigação diagnóstica para uretrite tem início na primeira consulta, com o exame físico e o acolhimento dos sintomas relatados pela mulher ou homem.

Em seguida são solicitados exames de urina e análise clínica da secreção presente na uretra, com objetivo de conseguir a identificação dos microrganismos que estão causando a uretrite.

A testagem bacteriológica costuma fechar o diagnóstico da uretrite e determinar o tratamento.

O tratamento da uretrite é feito por medicamentos antibióticos, para erradicação das bactérias envolvidas na infecção, em dose única ou em tratamento continuado. No caso de DSTs, recomenda-se que a parceria sexual também seja testada e tratada de forma preventiva.

Nos casos em que a uretrite afetou a capacidade reprodutiva de homens e mulheres, a reprodução assistida pode ser indicada.

Nesse sentido, a FIV (fertilização in vitro) costuma ser a técnica mais indicada para a maioria dos casos de infertilidade, incluindo aqueles derivados de complicações da uretrite.

Deseja saber mais sobre a uretrite? Então toque neste link para acessar nosso conteúdo sobre o tema.

Compartilhar: Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

blank blank